Fumar na gravidez pode causar perda auditiva nos adolescentes

13/08/2015
noticia-22-4-2015.jpg

Crianças expostas a tabagismo passivo ainda no ventre podem correr um alto risco de perda auditiva, segundo estudo realizado.
Um estudo sugere a correlação entre tabagismo durante a gravidez e problema auditivo transmitido aos descendentes.

Um grupo de adolescentes, 16,2% tinham mães que fumaram na gravidez e eles encontravam-se com alto risco de problemas auditivos, uma vez que tinham uma taxa elevada de limite de audição no nível de 2 e 6 kHz, conforme mostrou o estudo. Um entre seis experimentaram perda auditiva no mínimo em um dos ouvidos, comparado com um entre catorze adolescentes que não foram expostos a tabagismo no ventre de sua mãe.

Adolescentes com perda auditiva

Os resultados foram encontrados numa pesquisa realizada por Michael Weitzman, M.D., da universidade de Nova Iorque New York University School of Medicine, nos Estados Unidos, que examinou a correlação entre exposição a tabagismo no pré-natal e perda auditiva. Weitzman e eus colegas analisaram dados de um grupo de 964 adolescentes entre 12 e 15 anos de idade. Os adolescentes participaram da pesquisa feita pela National Health and Nutrition Examination Survey em 2005-2006, em que foi incluída testes de audição.

Aprendizagem e dificuldades sociais

Embora a perda auditiva fosse leve, fácil de ser vista, frequentemente surgiu como uma surpresa para os adolescentes. A deficiência foi séria o suficiente para causar problemas reais voltados para aprendizagem e acompanhamento na sala de aula.

Weitzman afirma “Muitos adolescentes com perda auditiva suave nao percebem que estao com esse tipo de problema, mas isso pode levar a irritabilidade e problemas na escola.”

Atenção
Mesmo a perda auditiva encontrada em adolescentes pode se tornar pior na fase adulta. Daí é importante detectar problemas auditivos nos adolescentes ainda cedo, poise les podem receber ajuda necessária e orientação.

Os pesquisadores sugerem que os pais de adolescentes de 12 a 15 anos de idade devem fazer um teste auditivo em seus filhos, caso tenham fumado durante a gravidez.

Os resultados da pesquisa foram publicados online na revista JAMA Otolaryngology - Head and Neck Surgery. As pesquisas encontraram uma forte associação entre exposição a tabagismo na gravidez e problemas auditivos dos descendentes.



Fale com um Fonoaudiólogo

 
Para os Pais Para os Professores Para Profissionais de Saúde Auditiva Conheça o Mundo de Leo